Óleo de Cártamo – Para Que Serve e Onde Comprar → 【REVIEW】

O Óleo de Cártamo é extraído da planta cártamo, nativa do Oriente Médio, é rico em ômega 6 e polifenóis em sua composição. Confira nosso REVIEW COMPLETO! 🍯

para que serve oleo de cartamo

Vamos fazer um review completo sobre o óleo de cartamo neste artigo para você entender suas características e se é realmente preciso consumi-lo. Continue comigo até o final. 😉

Hoje vemos as pessoas mais preocupadas com uma alimentação saudável e como incluir alimentos seguros que potencializem a queima de gordura, mas que também funcionem como suplementos naturais.

O Que é Óleo de Cártamo?

É o óleo extraído da planta cártamo (Carthamus tinctorius), nativa do Oriente Médio, é rico em ácido linoleico (ômega 6) e polifenóis em sua composição.

Sua planta possui uma raiz profunda, o que permite que se desenvolva e se adapte com certa rapidez em climas mais secos. Possui flores alaranjadas ou amarelas que eram, originalmente, utilizadas como tempero, parecido com o açafrão e também como corante para tecidos e cosméticos.

Hoje em dia, o cultivo da flor é destinado praticamente para a extração do óleo de suas sementes.

O óleo de cártamo é rico em gorduras insaturadas, que são um benefício comprovado para a saúde.

Tipos Comuns

Encontramos o óleo de cártamo em duas versões:

Óleo de Cártamo Monoinsaturado

É rico em ácido oleico (ômega 9), que é o ácido graxo que possui apenas uma insaturação e que resiste melhor a temperaturas altas, sendo indicado para o preparo de pratos quentes e também em frituras.

Pode ser usado como substituto aos óleos culinários vegetais, como os óleos de soja, canola, milho e girassol que são totalmente industrializados e prejudiciais a saúde, além de não serem resistentes a temperaturas altas. Devido a isso, eles oxidam e fazem muitos estragos ao nosso organismo. Fuja deles.

Particularmente não uso o óleo de cartamo, pois acho a concentração de Ômega 6 dele muito alta (71 a 75% de ácido linoleico). Nosso organismo precisa manter um equilíbrio entre o Ômega 6 e o Ômega 3. Se você consumir excesso de Ômega 6 e não suplementar ou consumir alimentos com Ômega 3, ficará deficiente desse nutriente importante.

Eu prefiro usar o óleo de coco para cozinhar alimentos em médias temperaturas e banha de porco para frituras. Eles substituem muito bem os óleos vegetais tradicionais. A cor e odor são quase imperceptíveis, por isso é muito bom para ser utilizado na cozinha.

Óleo de Cártamo Poli-insaturado

É rico em ácido linoleico (ômega 6) que é um ácido graxo poli-insaturado. É mais sensível e não deve sofrer aquecimento pois poderá sofrer oxidação e ficar rançoso.

A armazenagem desse tipo de óleo dever ser feita sob refrigeração e sem exposição a luz. Esse tipo de óleo poli-insaturado é o que mais se encontra como suplemento nutricional. O óleo de cártamo é o mais rico em níveis de ácido linoleico, quando comparado a todos os outros óleos vegetais que existem à venda no mercado.

Para Que Serve?

onde encontrar oleos vegetais

Por ser uma fonte poderosa de ômega 6 (ácido linoleico), o óleo de cártamo é utilizado como suplemento desse ácido graxo que nosso organismo não produz naturalmente.

Ele também é utilizado como suplementação para o ômega 9 (ácido oleico) que é importante para o bom funcionamento do nosso cérebro e desenvolvimento adequado. 

Principais Benefícios

Dentre os principais benefícios, podemos citar:

  • Redução de Apetite: O óleo de cártamo libera uma substância que potencializa a diminuição do apetite através do envio de comandos de saciedade para o cérebro. Isso ajuda a emagrecer e também na diminuição da produção de LDL (colesterol ruim).
  • Músculos Mais Definidos: Os grandes depósitos de ácido oleico e linoleico auxiliam na definição da musculatura, tornando o óleo de cártamo um excelente suplemento para quem pratica hipertrofia. 
  • Colesterol Equilibrado: A presença do ômega 9 (acido oleico) equilibra os níveis de colesterol no organismo, contribuindo para a diminuição de gorduras. Além disso, ele regula processos metabólicos do organismo.
  • Menos Gordura Acumulada: Causa a inibição da enzima humana que é responsável pelo armazenamento da gordura em nosso corpo. Isso faz com que o organismo precise usar a gordura acumulada como fonte de energia para prática de exercícios, aumentando a queima da gordura localizada, fazendo com que ele seja considerado de efeito termogênico.
    Ele inibe a atividade da enzina LPL (lipase lipoprotéica) que é a responsável pelo aumento de gordura corporal. Bloqueando a ação dessa enzima, diminui a transferência de gordura para as células, fazendo com que o organismo realize a chamada lipólise que é a queima de gordura localizada como fonte de energia.
  • Desenvolvimento dos Músculos: O ômega 6 aumenta a atividade da enzima CPT (Carnitina palmitoltransferase) que está presente nos músculos do esqueleto como o bíceps. Ela é responsável pelo transporte de gordura para dentro das mitocôndrias que são as que convertem gordura em energia. Com a atividade da CPT aumentada uma quantidade maior de energia vai para as células de gordura, queimando-as e produzindo mais energia para os músculos trabalharem e se desenvolverem.
  • Efeito Antioxidante: Elementos antioxidantes criam uma proteção no organismo contra a ação dos radicais livres que são responsáveis pelo envelhecimento precoce das células. O ácido linoleico (ômega 6) é um poderoso antioxidante por isso contribui para a erradicação do envelhecimento precoce bem como melhora muito o aspecto da pele. 
  • Perda de Peso: Através da estimulação do lipídio oleiletanolamida que é a substância que reduz o apetite, o óleo de cártamo ajuda a controlar a fome passando sensação de saciedade o que é fundamental para os processos e métodos de emagrecimento.
  • Glicose Controlada: Estudos que foram realizados nos EUA mostraram que o óleo de cártamo foi capaz de reduzir os níveis de glicose no sangue e ainda aumentar a sensibilidade à insulina. Isso demonstra que ele pode ser um coadjuvante para o controle de glicemia, auxiliando no tratamento de quem já tem diabetes e prevenindo em indivíduos que estão no grupo de risco. O nível de açúcar no sangue é importante também para quem quer ganhar massa magra e eliminar gordura, pois é ele que define a liberação de insulina, um hormônio que favorece a acumulação de gordura. Com esse controle de glicose o óleo de cártamo pode ajudar também na hipertrofia.
  • Melhora o Sistema Imunológico: Um derivado do acido linoleico sintetiza as prostaglandinas que possuem um papel primordial no sistema imunológico, através de sinalizações bioquímicas que ajudam o organismo se defender de micro-organismos invasores. Dessa forma, o óleo de cártamo é capaz de melhorar o sistema de defesa do nosso corpo com a produção e sintetização das prostaglandinas.
  • Coração Mais Saudável: Ainda estão realizando estudos para essa comprovação, porém algumas evidências mostram que o óleo de cártamo tem a capacidade de elevação dos níveis de HDL (colesterol bom) e redução do LDL (colesterol ruim). Com isso as veias deixam de ter acúmulos de gordura, liberando o fluxo sanguíneo, o que melhora a atividade cardiovascular e fortalece e protege a musculatura cardíaca.
  • Beleza Para Pele e Cabelos: A quantidade de acido linoleico do óleo de cártamo ajuda a melhorar a aparência da pele, aumentar a hidratação e também reduzir a acne. A presença da vitamina E combate radicais livres causando a diminuição da ocorrência de rugas e marcas de expressão criando um efeito rejuvenescedor da pele. O óleo de cártamo não causa obstrução dos poros, por isso está sendo usado em fórmulas de produtos cosméticos e ainda possui indicações de uso direto na pele através da adição de óleos essenciais ou fazendo parte da formulação de hidratantes. Além disso ele é benéfico ao couro cabeludo e também à raiz dos cabelos, potencializando o crescimento e também fortalecendo os folículos capilares. O óleo também possui propriedades antibacterianas por isso é muito indicado para o tratamento da acne e outros problemas do mesmo tipo. 

Efeitos Colaterais

oleo de cartamo com vitamina e

O óleo de cártamo possui propriedades anticoagulantes. Com isso, pessoas com doenças hemorrágicas, úlceras gastrointestinais, problemas de coagulação sanguínea ou que irão se submeter a cirurgias devem evitar seu consumo.

Gestantes também devem evitar o consumo, pois existem evidências de que ele induz as contrações uterinas, podendo causar abortos ou partos antecipados.

O acido linoleico é encontrado em vários alimentos comuns do dia a dia, assim especialistas recomendam que haja um equilíbrio entre o consumo de ômega 6 e ômega 3. Assim é importante incluir na alimentação produtos que contenham ômega 3 (peixes de águas profundas, nozes, linhaça e óleo de canola).

Leia também:

✅ Dieta Low Carb – Como Funciona e Alimentos Permitidos → 【Veja AQUI】

✅ Jejum Intermitente – Benefícios, Para Que Serve e Como Fazer → 【AQUI】

✅ Óleo de Coco – Benefícios e Para Que Serve → 【Guia Definitivo!】

Como Tomar?

O óleo de cártamo pode ser consumido através de suplementos que são comercializados no formato de cápsulas. Essas cápsulas podem ser tanto de óleo, como em pó, mas todas elas possuem o nome acido linoleico para serem identificadas como a base de óleo de cártamo.

A dosagem de óleo de cártamo varia de acordo com a gramagem do suplemento.

Assim, é importante observar e seguir as instruções do fabricante ou seguir as recomendações de um médico ou nutricionista que possa indicar a necessidade da suplementação.

Funciona Mesmo?

oleos vegetais hidrogenados

Sempre é bom salientar que a suplementação de elementos essenciais ao organismo deve seguir o consumo consciente sem superdosagem. O desequilíbrio das funções pode ocorrer tanto pela falta, como pelo excesso.

Apesar de alguns benefícios a saúde, conforme informei acima, particularmente acho mais plausível o consumo de azeite de oliva, óleo de coco e banha de porco em substituição aos óleos vegetais tradicionais (óleos de soja, canola, milho e girassol), do que ficar consumindo o óleo de cártamo.

Digo isso, pois o óleo de cártamo tem alta concentração de Ômega 6 e pode desequilibrar outras funções no organismo, com o Ômega 3, por exemplo.

Onde Comprar?

Existem muitos fabricantes do óleo de cártamo e ele pode ser encontrado em sites de produtos naturais, lojas de produtos para hipertrofia e também nos melhores sites na internet.

Caso opte pelo seu consumo, recomendamos adquirir pela internet por ser mais barato e apenas em grandes lojas magazines para garantir sua segurança e originalidade do produto.

Bom, é isso!

Você já consome ou consumiu óleo de cártamo? O que achou? Poste nos comentários!

Até a próxima! 😉

Gostou? Compartilhe....

Sobre o autor | Website

Charles Silva é empresário, pesquisador de saúde, nutrição e biohacking. É o fundador do Emagrecer Para Sempre. Compartilha neste projeto as suas experiências práticas de como ter um corpo magro e saudável.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!